Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2006

ENTRUDO

carnaval2

Ai está ele, o Carnaval, ou como eu lhe prefiro chamar, o Entrudo. O que é que eu posso dizer sobre o Entrudo? Bem, o meu sentimento pelo Entrudo resume-se a uma só palavra, DETESTO!!!!

Os fans do Carnaval, também conhecidos por foliões não me levem a mal pois não é só o Carnaval que eu detesto, eu também detesto o Natal e a Páscoa.

A grande diferença é que eu nem sempre detestei o Natal. Eu em menino, como todos os meninos, adorava o Natal, só passei a detesta-lo mais tarde quando comecei a receber meias e mais nada.

Já a Páscoa não posso dizer que adorava mas pronto, tinha um certo carinho pela coisa. Sempre podia ver uns filmes bíblicos na televisão, comer uma fatia de folar e curtir o dinheiro que os meus padrinhos me davam. Tudo mudou quando se deu a metamorfose de afilhado para padrinho. A partir do momento em que passei a ser eu a entrar com o folar passei a detestar a Páscoa.

Já o Carnaval sempre detestei. Nunca gostei de me mascarar, nem mesmo em criança. A minha mãe chegou a ir comigo aos melhores psiquiatras do país pois dizia que não era normal uma criança não gostar de se mascarar mas nem assim eu mudei de ideias.

Com a evolução da idade fui adquirindo novos pontos de vista que fazem com que cada vez mais eu deteste o Carnaval. Por exemplo, esta coisa estúpida de querermos fazer o nosso Carnaval à imagem do Brasil. A diferença é que lá estão em pleno verão, com calor e muita caipirinha e nós por cá estamos em pleno Inverno. Quando vejo na televisão imagens dos cortejos nacionais e vejo os foliões com sorrisos na cara fico sempre na duvida se se estão a rir ou se já estão com os músculos faciais congelados.

Outra coisa que me irrita é essa história do "é carnaval ninguém leva a mal...", por mim já me chegam as marteladas dos santos populares, não preciso das brincadeiras de Carnaval,mas o que eu não consigo mesmo suportar é aquela coisa que anda no ar.... não não é a alegria..... não também não é o amor..... como é que eu hei-de explicar..... é aquele som........ aquele barulho durante todo o tempo................................................................................................................................... "mamãe eu quero, mamãe eu quero mamar... cidade maravilhosa, cheia de encantos mil.... eiiiii meu amigo Charlie.... Brigitte Bardou Bardou.... dizem que cachaça é água, cachaça não é água não....".

Uuuuggggg! Já estou com arrepios na espinha, vou mas é para bem longe e só volto na Quarta-feira. Beijinhos.

publicado por Manel dos Anzois às 12:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2006

BOLINHOS DE (CHO) CU (LATE)

Aquando do meu post "Os familiares" no dia 10 de Fevereiro, o meu querido leitor o senhor Anónimo acusou este blogue de se estar a tornar em mais um blogue pornográfico. Chegou até ao cúmulo de o comparar com um outro blogue, cujo link fica aqui mas que só aconselho o seu visionamento se tiver um estômago muito forte.

Eu pessoalmente não concordo com a comparação e venho aqui defender-me. Ao contrário do outro blogue mencionado, esse sim um atentado ao pudor, um antro de sexo, uma pouca vergonha, enfim, a pornografia ao seu mais alto nível, ainda que o autor do mesmo a tente disfarçar com uns poemas, o Cu do Mundo e o seu autor simplesmente quiseram dar a conhecer a sua família, mais precisamente as suas primas.

No entanto, como não quero perder leitores e alem disso também já esgotei o meu stock de primas, em vez de passar a apresentar os meus primos vou antes contribuir com algo de diferente. Vou dedicar alguns posts à Cu..........linária. Aqui fica a primeira receita.

Bolinhos de (cho) cu (late)

Calda
125 ml de creme de leite
30 g de manteiga sem sal
45 g de chocolate em pó
60 g de açúcar
60 g de açúcar mascavo
1 pitada de sal

125 g de manteiga sem sal
90 g de açúcar granulado
30 g de açúcar mascavo
2 ovos
1 colher (chá) de essência de baunilha
200 g de farinha de trigo com fermento
15 g de chocolate em pó
1/4 de colher (chá) de sal
150 ml de leite
60 g de chocolate meio amargo picado

Bata a manteiga, misture ambos os açúcares e continue a bater até a consistência de creme. Em outro recipiente, misture lentamente os ovos e a baunilha e vá, aos poucos, juntando-os aos ingredientes batidos. Peneire a farinha de trigo, o chocolate em pó e o sal e adicione à mistura de manteiga, alternando com o leite. Encha até a metade forminhas de papel colocadas dentro de forminhas de empadas. Acrescente pedacinhos de chocolate em cada uma e cubra com mais 1 colherada de massa. Asse em forno pré-aquecido por cerca de 20 min. Podem ser cobertos com calda de chocolate quente. Ponha os ingredientes de calda em uma panela e leve ao fogo baixo até obter uma mistura homogénea.

bolinhos

Bom apetite.

publicado por Manel dos Anzois às 10:18
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

MULTI-CÂMERAS

irmalucia

Já por várias vezes tinha visto o anúncio na televisão àquelas maravilhas tecnológicas que são as Powerbox da TV Cabo. O anúncio é sempre alusivo a um jogo de futebol, "seleccione com que câmara quer ver o jogo. Tecla verde do comando e veja o jogo da bancada topo sul, tecla azul e veja o jogo de uma câmara implantada no Victor Baia, ou seja veja o jogo do banco do Futebol Clube do Porto, tecla vermelha e veja as bancadas repletas de adeptos benfiquistas com um grande melão".

Nunca lhe dei grande importância, primeiro porque não gosto de futebol, segundo porque não percebo nada de futebol, terceiro porque os jogos de futebol dão-me uma soneira desgraçada e por último a razão mais importante, porque a minha mulher não me deixa ver os jogos de futebol.

Também nunca fui dado a novas tecnologias. Sou o único português que não tem nenhum telemóvel. Aliás, sou tão alérgico a novas tecnologias que ainda uso um ábaco em vez de máquina de calcular, por isso, mesmo que visse os jogos de futebol nunca teria grande interesse pela Powerbox.

Isto era o que eu pensava antes de domingo. Nesse dia tudo mudou para mim. Fez-se luz nesse dia cinzentão. Graças a um grande esforço conjunto da RTP1, da SIC e da TVI eu e mais 10 milhões de portugueses tivemos o privilégio de assistir durante cerca de dez horas (parece impossível mas é verdade, 10,10,10,10,10 horas) ao passeio da Irmã Lúcia de Coimbra até Fátima, isto tudo em multi-câmeras.

Na TVI podíamos assistir ao desfile através da câmara que filmava a traseira do caixão. Já a SIC optou por nos brindar com uma imagem lateral. Com estas duas perspectivas ocupadas, a RTP1 não teve outra solução e optou pela vista frontal.

Um verdadeiro serviço público que as nossas televisões nos prestaram. Muito e muito obrigado. Depois desta experiência aguardo ansiosamente a transladação das ossadas do Camões do Mosteiro dos Jerónimos para o Cemitério da Carneira.

publicado por Manel dos Anzois às 10:18
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

PSSSST, PSSSSST... Ó SE FAZ FAVOR

waiter

Sim senhor, esteve um rico fim-de-semana. Algo a que já não estamos muito habituados é a dias invernosos, de frio e chuva, mesmo a pedirem uns filmes, umas pipocas e uma mantinha por cima das pernas, sem sequer tirar o pijama.

Foi com este pensamento que eu no domingo, quando acordei e abri as persianas fiquei. Ao ver que o tempo se mantinha como no sábado não consegui evitar um enorme sorriso de prazer.

Não sei se a minha querida esposa viu no vidro o reflexo do meu brilhante sorriso ou se foi só coincidência, o que é certo é que eu ainda estava a recuperar do esforço muscular que o enorme sorriso me deixou nas queixadas e já ela estava a dizer "outra vez este tempo? Ah, não me interessa, eu quero sair, preciso de arejar a cabeça".

Eu ainda lhe respondi "queres arejar a cabeça? Pega no carro e dá uma volta ao quarteirão com a cabeça de fora". Esta piada provocou-lhe um olhar gelado, tipo "vê lá se queres estar mais nove meses a pão e água". Perante isto calei-me. Mais tarde ainda fiz uma segunda tentativa e disse "mas está a dar o passeio a Fátima da irmã Lúcia e eu quero ver como é que isto acaba...", mas nem assim a convenci.

Foi assim, que depois de almoço, em vez de estar com os ossos esticados no sofá, estava eu à porta de casa com aquele eterno problema "e agora, aonde é que vamos?". Com o clima desfavorável, a única solução passava pela ida até um café, ou seja, tornar a estar fechado só que desta vez rodeado de outras pessoas. De qualquer das maneiras, esta saída foi positiva pois permitiu-me reparar que em Portugal, mais difícil do que acertar no euromilhões é chamar um empregado de mesa.

Os povos mais evoluídos, ou seja, qualquer povo europeu, têm substantivos e pontos de exclamação. Exclamam "Waiter!", "Garçon!", "Camarero!" com segurança e à vontade. Os Portugueses não. Morrem. Desfazem-se em reticências. Estendem o dedo no ar a esbugalhar os olhos como perdigueiros ansiosos.

"Olhe...", ninguém vem..., passa uma eternidade. "Olhe... se faz favor...". O tom de voz é suplicante. Nada. As sobrancelhas estão tão arqueadas que começam a fazer musculação na testa. "Olhe... se não se importa...". O empregado finalmente vem.

Está zangado por termo-lo feito vir (a língua portuguesa é muito traiçoeira). "Era uma Frize limão". Era. Pedimos sempre no passado, como que a pedir desculpa por ele estar a fazer o seu trabalho. Ele age como se a culpa de ser empregado de mesa e não médico fosse nossa. "Só temos Vidagus normal!", responde bruscamente.

Talvez por estas e por outras o nosso turismo também já seja dos piores da Europa.

publicado por Manel dos Anzois às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

DISFARCE DE CARNAVAL

Estamos a poucos dias do carnaval e eu este ano não sei do que é que hei-de mascarar-me. No ano passado vesti-me de mexicano mas não me queria repetir este ano.

carnaval1

Telefonei à minha prima Amélia e ela diz que se eu quiser me empresta o seu fato de caçadora, mas não sei, tenho medo de me constipar.

caçador

Já a minha prima Ricardina se prestou a dispensar-me o seu traje de samurai mas tenho medo de me aleijar com a espada.

samorai

A prima Antonieta já me enviou o fato de presidiária mas não sabe das chaves das algemas.

presidiaria

Não sei o que fazer, neste momento estou mais inclinado a ir de borboleta mas ainda não sei... aceito sugestões.

borboleta

Bom fim de semana...

publicado por Manel dos Anzois às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2006

DIA DOS NAMORADOS

2

Desde o dia dos namorados que não posso sair à rua. Toda a gente que me conhece quando me vê vem logo com a conversa "ó cu, então tu deixaste passar o dia dos namorados sem fazeres nenhuma referência a esse dia no blogue?".

Porra (versão portuguesa, já que porra em brasileiro quer dizer outra coisa qualquer...), um gajo já não pode andar descansado na rua. O quer vale é que só três pessoas é que sabem quem é que eu sou.

De qualquer das maneiras, deixo aqui publicamente a explicação. Eu não comemoro o dia dos namorados há doze anos, mais precisamente desde que conheci a minha actual mulher. A explicação é simples. Não é por ter casado com ela, pois "só" estou casado há oito anos, mas mesmo nos quatro que namoramos nunca comemoramos esse dia. Foi uma condição que eu pus logo no início do namoro e ela aceitou.

É só por uma questão de superstição. Eu nem sou supersticioso mas o meu tumultuoso passado levou-me a tomar esta medida e como deu certo eu continuei a banir este dia da minha vida.

O que se passou é que eu sempre tive a fama de ser um gajo muito namoradeiro. Todos os anos trocava de namorada. Agora que já estou velho, posso revelar que era mesmo só fama.

É verdade que eu todos os anos trocava de namorada, mas também é verdade que eram elas que me deixavam. Deixei-me ficar com a fama de que era eu que me fartava delas mas não. Eu sou um gajo muito tímido e custa-me sempre começar uma nova relação, já para não falar que na altura da separação eu estava sempre apaixonadíssimo por elas.

"O que é que isto tudo tem a ver com o dia dos namorados?", perguntam vocês. É que todas elas acabaram comigo no dia dos namorados. Todas sem excepção escolheram esse dia para me enviar uma carta com uma simples frase "vai à merda".

Isto só acabou quando conheci a minha querida mulher e deixei de comemorar o dia dos namorados.

Ainda hoje não percebi porque é que isto acontecia, eu era um gajo amoroso, dava-lhes bons presentes e nem sequer era muito exigente, dizia-lhes sempre "olha amor, não gastes dinheiro comigo que não vale a pena, eu não sou materialista. Dá-me uma coisita qualquer... sei lá... olha, dá-me o cuzinho."

publicado por Manel dos Anzois às 11:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2006

SERVIÇO PÚBICO

morcego

De vez em quando dá-me para isto... de falar de assuntos sérios, sem brincadeiras nem mentiras, enfim, são dias (poucos, felizmente) em que eu intitulo de serviço púbico. Aqui fica então a informação com base científica.

Nós homens somos muitas vezes acusados de pensar com a cabeça errada. Esta afirmação, normalmente proferida por mulheres, não é ao que parece de todo mentira.

Cientistas norte-americanos descobriram, num estudo realizado com morcegos, que o cérebro diminui para que os testículos aumentem.

Segundo este estudo, os morcegos não conseguiam ter energia para suportar testículos com grande capacidade sexual e ao mesmo tempo, cérebros com intelecto superior. Por isso, nas espécies onde as fêmeas são mais promíscuas, foi necessário optar, e como animal inteligente que é deixou o cérebro para segundo plano

Esta opção foi de tal forma bem sucedida que em alguns casos, os "tintins" representam 8,4 por cento da massa corporal (por exemplo, nos primatas, esse valor oscila entre 0,02 e 0,75%).

A situação não é exclusiva dos morcegos, por exemplo, os chimpanzés, por serem promíscuos e menos inteligentes, têm testículos maiores do que os gorilas.

A investigação da Universidade de Syracuse trouxe assim a primeira prova de que o sexo masculino fez uma troca: menos inteligência por mais potência sexual, é a lei da sobrevivência.

Ainda se julga muito inteligente?

publicado por Manel dos Anzois às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006

LICENÇA DE PATERNIDADE - DIA 2

bebe2

DIA 2 ? O REGISTO

No Segundo dia de licença de paternidade, enquanto levava a minha filha à escola ia pensando qual o passo seguinte. Fazer o registo do puto ou ir tratar dos abonos à segurança social. Huuuummmm... entre um e outro venha o diabo e escolha.

Como achei que a seca menor seria na conservatória do registo civil, muni-me do documento passado pelo hospital em que comprovava que a Sra. Cu tinha tido um filho no dia 30 de Janeiro de 2006 e ai fui eu.

Quando lá cheguei, parecia que tinha lá parido a galega. 18 pessoas para tratarem do BI, 15 para registos vários, 1 senhor agente da autoridade à paisana que confirmava as marcações para um jantar na noite seguinte. Os funcionários, por trás do balcão limitavam-se uns a falar com o senhor agente outros a jogarem um jogo tipo estátua, só olhando com muita atenção podíamos ver que se estavam a mexer.

Finalmente, já perto da hora de almoço, lá fui atendido.

- Numero 69?
- Sou eu. Bom dia. Olhe, vinha registar o meu filho que nasceu no dia 30.
- Tem os documentos todos?
- ????????? Tenho o documento do hospital...
- Então e o livro do bebé? Temos que saber o peso, se foi parto normal e essas coisas todas que vêm no livro.
- Para quê? (pensei eu). Então tenho que cá voltar? Por amor de Deus, passei aqui a manhã toda...
- Se souber os dados não é preciso, eu acredito em si...
- Ok, eu sei (menti eu).
- Peso do bebé à nascença?
- Huuummm..... 12 kg.
- .............(estas reticências representam um olhar gelado por parte da funcionária).
- Estava a brincar. 8 Kg... Não? 6 Kg????....também não pode ser??? Então e 3 Kg?
- Bom, já vi que não sabe com que peso o seu filho nasceu, vou por aqui 3 Kg e dar-lhe mais uma oportunidade. A que horas nasceu?
- (Aqui não havia hipótese de errar, bastava-me dizer uma hora qualquer). Ah, essa é fácil, foi às 15 horas.
- Agora preciso do bilhete de identidade do pai e da mãe.
-.... merda.... só trouxe o meu bilhete de identidade.
- Também já está a abusar. Assim é demais. Casou aqui?
- Sim...
- Então diga-me a data do casamento que por ai vamos buscar os dados da sua esposa.
- ... Aaaaaaaaaa.... espere lá........ aaaaaaaaaaaa...... agora estou baralhado..... espere ai....(finalmente tive uma brilhante ideia, tirar a aliança e ver a data).... só mais um bocadinho (mas esta merda não saiiiiiiii.....).....ufa ...... já está, 9 de Setembro de 1998.
- Estava difícil...para acabar diga lá como é que se vai chamar o cachopo.
- !!!!!!!!!!!!! (Com a confusão, eu e a minha mulher só tínhamos escolhido o primeiro nome para a criança, nunca falamos dos restantes)..... pode ser Hipólito ..... da Conceição .....Bartolomeu..... do Cu. Isso, Hipólito da Conceição Bartolomeu do Cu.
- ......de certeza????? Não quer pensar melhor?
- Não, está bom assim, eu quero é ir para casa que ainda tenho de fazer o almoço, arrumar a cozinha.....enfim, mais uma tarde de dona de casa desesperada.

publicado por Manel dos Anzois às 16:50
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2006

LICENÇA DE PATERNIDADE - DIA 1

bebe

Cinco dias de licença de paternidade. Parece muito, não é? Vamos então ver.

Como a minha filha já tem seis anos, eu já não me lembrava deste doloroso processo que é a licença de paternidade. Agora, que estou com a memória fresquinha, deixo aqui o meu testemunho, na esperança de ser útil a futuros pais.

DIA 1 - A CHEGADA A CASA

Depois de três noites em que voltamos a estar solteiros, este primeiro impacto pode causar algumas depressões. Após três dias e três noites em que a nossa cara-metade (no meu caso, cu metade) faz umas férias no hospital, chega o dia em que os médicos a correm de lá para fora e ela regressa a casa. Foi neste dia que eu iniciei a minha licença de paternidade.

Se me permitem, dou já aqui um conselho. Uma vez que a querida esposa só deve ter alta médica por volta do meio-dia, aproveitem, aproveitem muito bem e durmam o máximo que puderem pois tão cedo não voltam a ter esse prazer. No meu caso isto não foi possível pois a minha filha de seis anos recusou-se a apanhar o autocarro para a escola e eu tive que me levantar para a ir levar.

Se este também for o seu caso recomendo que, uma vez que já está acordado, aproveite as horas seguintes para dar uma boa arrumação na casa, já que com três dias de cuidados masculinos é bem provável que estejam algumas cuecas por cima de um candeeiro, ou meias no chão, ou louça para lavar, camas para fazer, lixo para despejar e outras coisas que tal. Se prescindir desta fase da arrumação é muito provável que umas horas mais tarde fique a conhecer o mítico stress pós parto.

Ao meio dia devemos estar prontos para ir buscar a esposa e o descendente ao hospital. Exercite bem os músculos para não ter nenhuma rotura ou distensão muscular, pois vai ter muito que carregar.

Por volta das 12.30 horas deve estar a entrar no carro. Uma hora depois ainda deve estar à porta do hospital às voltas com a colocação da cadeirinha do bebé (mais conhecida por ninho) no carro. Após vinte e sete leituras do manual e de algum contorcionismo lá conseguimos arrancar.

Chegada a casa, 14 horas. Já está tarde para ainda ir fazer o almoço. É nesta altura que ocorre a primeira de muitas saídas de casa. Esta é para ir buscar o almoço a algum lado. Pizzas é sempre uma boa solução. Depois do almoço prepare-se para arrumar a cozinha. Se não está habituado a esta tarefa, habitue-se, pois agora vai ser o prato do dia, já que daqui para a frente a sua querida esposa vai passar a maior parte do dia com a teta de fora. A má notícia é que não é para si.

Depois da cozinha arrumada, quando se prepara para um pouco de descanso neste primeiro dia de "férias", ocorre a segunda saída do dia. Ida à farmácia, há que comprar qualquer coisa para as dores.

Uma hora depois estamos de volta para cinco minutos depois tornarmos a sair. É necessário ir ao supermercado comprar compressas para as mamas que não param de pingar. Aproveite esta saída e pare cinco minutos para beber um café e fumar um cigarro. Lembre-se. Se não fuma esta é uma boa altura para começar.

De regresso a casa nem vale a pena desligar o carro, é altura de ir buscar a outra filha à escola. Depois segue-se o banho dos filhos. Cigarro. Ajudar nos trabalhos de casa. Cigarro. Fazer o jantar. Cigarro. Arrumar novamente a cozinha. Cigarro (e eu que só fumava três cigarros por dia). Deitar o filho mais velho. Cigarro.

São 11 da noite. Extraordinário como o tempo passa. Já nem vale a pena ir ver televisão. Directo para a cama. Quando já estou prestes a dormir... lá ao fundo do túnel... começo a ouvir algo...... uuuuuuuuuuaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhh...... uuuuuuuuuuaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh..... uuuuuuuuuuuaaaaahhhhhhhhhhh.

Está na hora de mais uma mamada, para o bebé, é claro...

publicado por Manel dos Anzois às 11:58
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2006

OS FAMILIARES

Quando nasce um novo membro na família, é da praxe a visita dos familiares. Com a desculpa de conhecerem a nova coqueluche lá se vão batendo ao lanche ou ao jantar. Até aqueles familiares de quem nós já nem sequer nos lembramos acabam por aparecer.

Segundo as regras de etiqueta da senhora Paula Bobone deve-se sempre levar uma lembrança para a nova mascote. Lá vem o interiorzinho, a toalhinha, o babygrouzinho, a chupetinha, a escovinha, o casaquinho, o sapatinho, a meinha, o barretinho, enfim... uma secazinha.

Quero no entanto destacar aqui quatro primos meus que primaram pela originalidade.

A minha prima Gertrudes, que está emigrada nos "States" e que para demonstrar a sua capacidade económica nos deu um cavalo. Como é muito grande para a casota do cão, optamos por ter bifes para 2 ou três anos.

prima3


A minha prima Zulmira, que vive no Brasil, esqueceu-se que aqui ainda é inverno e trouxe o equipamento para o verão. Obrigado na mesma.

prima2


A minha prima Alcídia, que limpa quartos num hotel em França, teve a boa ideia de lhe oferecer um fato para o carnaval mas enganou-se no tamanho. A ver pelas medidas é capaz de servir à minha querida mulher.

prima4


O meu primo Gervásio, português de gema, apareceu de mãos a abanar. Sinais da crise?

CIGARRO


Bom fim-de-semana.

publicado por Manel dos Anzois às 16:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2006

O REGRESSO

Ora aqui estou eu outra vez. Acabaram-se os cinco dias de férias que o meu filho, o Cuzinho, me ofereceu. A partir de hoje este blogue está novamente activo.

A partir de Segunda-feira vou relatar aqui algumas experiências que vivi nestes cinco dias que estive em casa.

Como devem calcular, estes cinco dias fora do local de trabalho originaram um acumular de pastas em cima da minha secretária, como tal, por hoje, não posso desperdiçar mais tempo por isso deixo-vos aqui um texto que recebi por e-mail e que comprova como a mente humana é extraordinária.

__________________________________________________________________

3M UM D14 D3 V3R40, 3574V4 N4 PR414, 0853RV4ND0 DU45 CR14NC45 8R1NC4ND0 N4 4R314.

3L45 7R484LH4V4M MU170 C0N57RU1ND0 UM C4573L0 D3 4R314, C0M 70RR35, P4554R3L45 3 P4554G3NS 1N73RN45. QU4ND0 3575V4M QU453 4C484ND0, V310 UM4 0ND4 3 D357RU1U 7UD0, R3DU21ND0 0 C4573L0 4 UM M0N73 D3 4R314 3 35PUM4.

4CH31 QU3, D3P015 D3 74N70 35F0RC0 3 CU1D4D0, 45 CR14NC45 C41R14M N0 CH0R0, M45 C0RR3R4M P3L4 PR414, FUG1ND0 D4 4GU4, R1ND0 D3 M405 D4D45 3 C0M3C4R4M 4 C0N57RU1R 0U7R0 C4573L0. C0MPR33ND1 QU3 H4V14 4PR3ND1D0 UM4 GR4ND3 L1C40:


G4574M05 MU170 73MP0 D4 N0554 V1D4 C0N57RU1ND0 4LGUM4 C0154 3 M415 C3D0 0U M415 74RD3, UM4 0ND4 P0D3R4 V1R 3 D357RU1R 7UD0 0 QU3 L3V4M05 74N70 73MP0 P4R4 C0N57RU1R.

M45 QU4ND0 1550 4C0N73C3R 50M3N73 4QU3L3 QU3 73M 45 M405 D3 4LGU3M P4R4 53GUR4R, 53R4 C4P42 D3 50RR1R!!

S0 0 QU3 P3RM4N3C3 3 4 4M124D3, 0 4M0R 3 C4R1NH0.

0 R3570 3 F3170 D3 4R314.
___________________________________________________________________

Fica aqui duas fotografias, um nu frontal e um traseiro para que fiquem a conhecer o meu novo rebento, o Cuzinho.

13

9

Beijinhos e até amanhã.

publicado por Manel dos Anzois às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2006

SANITÁRIOS...

1

Como já o disse aqui, na época natalícia engordei cinco quilos. É um problema que eu tenho, esta tendência de engordar. Durante anos pensei que se devia à poluição do ar. O ar estava tão poluído que só respirá-lo me fazia engordar.

Foram precisas três juntas médicas para me convencerem que o mal era do meu estilo de vida sedentário e não do ar que respirava. Nessa altura comecei a tentar fazer algum exercício, só que o grande problema do exercício é que é muito cansativo e abre muito o apetite. Ainda assim consegui fazer três caminhadas no espaço de seis meses, o que deu a óptima média de uma caminhada a cada dois meses. Nada mau.

O que me começou a preocupar, é que de tanta actividade física, andava sempre cansado e isso começou a prejudicar o meu trabalho. Tudo mudou quando recebi um spam que dizia "emagreça enquanto dorme" e eu pensei logo "olha aqui está uma boa coisa para substituir o exercício" e passei a dormir cerca de 12 horas por dia. Ao fim de seis meses reparei que me tinham enganado. Estava ainda mais gordo.

Quando na Sexta-feira tive que pedir ajuda à minha filha para me calçar as meias pois já não me conseguia baixar para o fazer eu próprio, pensei "Basta! Amanhã vou mudar o meu estilo de vida."

Sábado, oito da matina, despertar. Pequeno-almoço, em vez do bacon com ovos, um copo de leite, um kiwi e uma laranja. Uma hora depois, continuava em casa à procura do fato de treino outrora vetado ao abandono. Ei-lo, finalmente.

10 Horas.
Ponto de partida - jardim municipal da Figueira da Foz.
Objectivo ? caminhada até ao jardim dos baloiços de Buarcos e voltar, cerca de seis quilómetros ao todo.

Vinte minutos depois, ia eu na zona do oásis, quando a guerra começa. A princípio ainda pensei que fosse do cheio a fossa existente na zona, mas depois percebi que era um conflito entre a laranja, o kiwi e o leite. O perigo de rebentamento era eminente e só havia palmeiras à vista. Ainda me passou pela cabeça ir para trás de uma mas à última da hora decide começar a correr em direcção à avenida na esperança de àquela hora da manhã algum dos restaurantes por ai existentes já estar aberto.

Os suores frios aumentavam e eu em passo de corrida pelas escadas acima só pensava "ai que eu cago-me todo". Foi nesta altura que o milagre aconteceu. Hoje sou uma pessoa crente. No preciso momento em que saio do oásis à procura de uma tábua de salvação, vejo uma senhora de idade sair do gradeamento das escadas que se enterram pelo passeio abaixo e que levam ao que outrora tinha sido uns sanitários públicos, que eu e se calhar todos os figueirenses pensavam estar extintos desde o tempo dos dinossauros.

Perguntei à senhora se os ditos cujos estavam abertos, ao qual ela me respondeu "estão sim senhora, mas para usar as retretes tem que pagar 20 cêntimos". O desespero era tão grande que peguei no único dinheiro que tinha em mãos (cinco euros) e dei-lhos, dizendo enquanto descia a escadas a toda a velocidade "fique com o troco".

Aaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh??????????.. aaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh...........ufa. Foi então que.......... esperem lá ................aaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh................. merda do kiwi..........

Quando completei a obra surge a primeira surpresa. Papel higiénico, nem vê-lo. Chamar a senhora estava fora de questão, então, uma vez que estava sozinho, lá andei eu de cu para o ar, a espreitar pelos cantos todos à procura de algo com que limpar o dito cujo.

Lá encontrei uma bola de 1978. Tive que optar entre limpar o cu à cara do Jordão ou ao cabelo do Chalana. Depois da opção tomada surge a 2ª surpresa. Quando me preparo para puxar o autoclismo para enviar a minha obra para mar alto, este não funcionava. "Mas porque é que eu sai de casa hoje?", pensei.

Como me considero uma pessoa civilizada não abandonei o lugar do crime e procurei alguma técnica McGyver para resolver a questão. Foi quando vi, junto ao lavatório, um garrafão de água vazio e com a zona do gargalo cortada. "Estou safo", disse em voz alta. Seis viagens entre o lavatório e a retrete e o problema estava resolvido.

Quando regresso ao mundo dos vivos, encontro a senhora e digo-lhe "olhe que a retrete do fundo está avariada, o autoclismo não funciona". Para meu espanto, ela respondeu-me "Não é o autoclismo que está avariado. È a tubagem de água das retretes. Nenhuma tem água e já está assim à mais de dois anos. Tem que usar um garrafão que está ao pé do lavatório".

O que é que eu hei-de dizer?

Figueira da Foz, há dois anos na vanguarda da poupança de água. Não haja dúvida. Somos os maiores.

publicado por Manel dos Anzois às 14:07
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |

mais sobre mim

Cheirem-me o Cu

Com Lubrificante Please

Queres mesmo saber?

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Bufas recentes

RIP CU(RL) - 2005-2012

BEST CUZINHO - #2

4 OUTUBRO - DIA MUNDIAL D...

BEST CUZINHO - #1

ANDA TUDO DOIDO.....

SPEEDO GONZALEZ

COPY PASTE

ENRA BAR - SHOT'S A 25 TO...

11 ANOS DE 11 DE SETEMBRO

JOGOS PARALÍMPICOS LONDRE...

Promoções 2 em 1

NUMERO ANÓNIMO

VERÃO

DESTINOS DE FÉRIAS NA SUA...

PINGO DOCE vs TATTOO ANAL

CHUPA QUE É CANA DOCE!

JE SUIS COME SI COME ÇA M...

TABACO MENTOLADO, COISA D...

POR MIM PODES FICAR SEMPR...

SALGUEIRAL

IDOLOS 2012

RECORDAR É VIVER....

SEM CUMENTÁRIOS

ORGULHO FIGUEIRENSE

ARTE

ANATOMIA DE GREY

CONA

SÓCRATES

XUXA

CHAMINÉS

Best Of Cu

DOMINGOS..............

FARMÁCIAS

COMPRAS

ESTÁ QUASE...

VAMOS À LA PLAYA OH OH OH...

O BARBEIRO

LICENÇA DE PATERNIDADE - ...

LICENÇA DE PATERNIDADE - ...

SANITÁRIOS...

2º ASSALTO: O CU DO MUNDO...

links

pesquisar

 

últ. comentários

Já foi bom, agora nem dado
Marisco congelado? acredito que as percebes sejam ...
Fui lá uma vez e fiquei tão de pé atras.. Para que...
o criador deste blog e um anormal de primeira
Eu não sou camionista, mas evitar convivência diár...
Cona boa!
Q vontade de lhe *spetar a minha p*ça de 25...
Quanto maior o canal da uretra (e do pênis ) maior...
O meu famoso ROOMBA caiu-me um dia das mãos... Con...
E assim o último pingo nunca será mais da cueca. E...
A ideia de ganhar dinheiro sem ter muito trabalho ...
Descobri o blog hoje, e já era finado, paciência. ...
è uma pena ..logo que por acaso encontrei o blog.....
Excelente. Já pensou acompanhar mais pessoas aos H...
Roomba y Neato Portugal - www.sinwestportugal.com
eu vou deitar esse site abaixo para nunca mais um ...
José Mourinho, impávido e sereno em "Chiambretti n...
culés, culerdos e caganers....?
Para quem perceber e gostar um pouco de eletrónica...
Merda pá ....ok...e.....está bem eu espero....n te...

Novembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Top 10 visitantes

ul { list-style:none; margin:0px; padding:0px; } li { background-color: #EFF7FF; margin:3px 0px; padding:0px; width:200px; height:56px; float:left; } img { border: 0px; } li img { margin:0px auto; padding:2px; border:solid 1px #aaaaaa; width: 50px; height: 50px; } li span.note { font-size:0.8em; } li p { margin:0; } textarea { display:inline; width:136px; height:35px; margin:0; float:left; } input { display:block; clear:left; }
]]>

Bufas mais comentadas

36 comentários
32 comentários
27 comentários
26 comentários
21 comentários
20 comentários
19 comentários
19 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários

Quantos são? Quantos são?

blogs SAPO

Linkamos

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!