Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

DIA MUNDIAL SEM TABACO

Para não dizerem que eu sou um gajo sem iniciativa nenhuma juro aqui a pés juntos que hoje, mas só hoje, não compro cigarritos.

Hoje, vou andar à crava.

Pssssssstttt.... pssssssttttt... psssssssttttttt.... sim, sim, é contigo. Olha, não tens um cigarrito que me arranjes? Não????????????!!!!

Porra, não me estou a safar. E charutos, será que posso? De certeza que posso..... afinal charuto não é bem cigarros, nem sei se pode ser considerado tabaco.

Fumar charuto é uma coisa mais fina, mais IN.... mais intelectual... por isso é que os nossos políticos praticamente só fumam charutos. É para dar ar de quem percebe alguma coisa do que para ali anda a fazer.

Vou aproveitar e fumar um... afinal já o tenho lá em casa desde o ano passado. Foi o meu querido Miguel Almeida que me trouxe de Cuba.

Adeus, vou fumá-lo antes que se estrague.

Epá... alguém me pode explicar como é que esta porra se fuma!!!!!

37

publicado por Manel dos Anzois às 10:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

VACANCES!!!!!!

Este ano é que vai ser! Vou tirar uma semanita de férias. Digam lá que não são boas notícias, hummmmm!!!! Uma semana inteira sem me aturarem, nada mau, mas não comecem já a bater palmas porque isso só vai acontecer lá para a segunda quinzena de Agosto.

A verdade é que nesta última década só fui uma vez de férias. Todos os anos, quando chega a altura de poder zarpar daqui para fora acontece alguma coisa que me impossibilita realizar esse desejo. Aliás, normalmente é sempre a mesma coisa.... falta de dinheiro.

Este ano a sina é a mesma mas a senhora Cu tem-me implorado e amaciado a boca com os malditos chocolates e num momento de fraqueza acabei por aceder.

Como bom sovina que sou, tratei de ir sozinho à agência de viagens marcar as malditas férias. Assim podia escolher o mais baratinho.... mesmo mesmo mesmo muito baratinho e depois dizia à senhora Cu que a esta altura do campeonato já não havia mais nada.

Quando cheguei à dita agência fiquei estupefacto. Como as coisas mudaram desde o século passado. Agora um gajo preenche uns formulários com o tipo de férias que quer, se é praia, serra, campo, esse género de coisas. Preenche uns quantos quadrados com umas quantas cruzes a explicar o que gosta de fazer em férias e pumba!

Os gajos enfiam aquilo numa maquineta e o estupor do electrodoméstico recomenda-nos um destino de férias. Fiquei espantado. Mais espantado ainda fiquei com o destino que a chaleira me escolheu.

Suécia. Irra, pensei eu. Mas o que é que há nas Suécia de jeito? Só se for as Suecas. A informação continuava a sair.

Stockholm. Esta era a cidade para onde a maquineta me estava a recambiar. Tenho a dizer que não estava nada convencido com estas modernices, mas quando finalmente o papel acaba e eu tinha sido aconselhado a ir para a Suécia, mais precisamente para a cidade de Stockholm e ainda mais precisamente para uma localidade perto dessa cidade chamada Foder eu nem quis saber quanto é que me custava e disse logo alto e em bom som "COMMMMMMPRRRRRROOOOOOO!!!!!!".

pic06334

Claro que chegado a casa fui logo confirmar se isto existia mesmo. Depois de ter comprado um dicionário Sueco-Português lá dei com o sítio na internet e imprimi meia resma só de informação e fotografias.

Quando a senhora Cu chegou a casa estava eu à sua espera com o sorriso de orelha a orelha. "Amor.... já marquei as férias..... vamos Foder".

Estou desconfiado que ela não aprovou o local escolhido pois automaticamente arremessou a mala que trazia ao ombro pela minha cornadura abaixo.

Se sabem como são as malas das mulheres, tipo mala do Sport Billy (esta piada é só para maiores de 30 anos..... para os outros tinha que arranjar alguma analogia com o Dragon Ball ZZZ), cheia de apetrechos e a pesarem cerca de dez quilos, compreendem que eu tenha caído inanimado e ali tenha ficado de pernil esticado por duas horas.

Quando acordei, tinha a cabeça do dobro do tamanho (como vão poder constatar) e entretanto já a minha querida mulher tinha ido novamente à agência de viagens e tinha trocado o destino de férias.

Tenerife!!!! Pffff, pois claro, como ela sabe que não gosto de areia nas virilhas tinha logo que escolher um destino de praia para férias.

Peguei nos respectivos catálogos e fui para o jardim deitar-me na cadeira de baloiço enquanto passava os olhos pelos hotéis paradisíacos.

Não sei se foi do sol, se da pancada na cabeça ou se foi das fotografias que desfilavam à minha frente, o que é certo é que o destino escolhido começou a agradar-me.

Fechei os olhos e imaginei-me na praia... a apanhar banhos de sol e a ver as gajas a passarem de um lado para o outro........................................................................ de copito na mão para não desidratar......

crebro_masculino_tomando_sol_v

e pensei....... sonhei........ imaginei..... antevi....... ahhhhhhhhhhhh.... que maravilha de férias...... ahhhhhhhhhhhhhhh..... isto sim.... é o paraiso.....

Nisto sou interrompido por um burburinho que vinha de dentro de casa.... "vocês dão comigo em doida!!!!!! Ó Bundinha!!!!! Olha um bocadinho pelo Cuzinho enquanto eu faço o jantarrrrrrrr!!!! Olha que ele está a chupar o piassaba!!!!! Ahhhhhhh, eu assim enlouqueço....".

De volta à realidade ainda pensei “férias? mas quais férias??? Eu lá vou conseguir ter férias..... será que convenço os gajos a devolverem-me a porra do dinheiro!!!!”.

publicado por Manel dos Anzois às 14:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 29 de Maio de 2007

PEREIRA NA FIGUEIRA

pach

Até que enfim, algo parecido com o meu programa preferido de sempre, o TV Rural.

O tema desta noite é: Árvores de fruto, a sua poda e possiveis enxertos.

Eu até gostava de ir, sempre podia poupar no Xanax logo à noite, mas será que os senhores do Casino não me metem na rua quando eu começar a ressonar que nem um bezerro?

Nahhhh, é melhor ficar em casa. Sempre posso ver na RTPN.... olha, só de pensar nisso já estou cheio de sono!

publicado por Manel dos Anzois às 16:30
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

PREMONIÇÕES

Depois de ultrapassada a época calórica, que ao contrário do que já estão para ai a pensar não é o Verão mas sim o mês de Janeiro, o fatídico mês pós natal e pós Rebelhão, o meu musculado e perfeito corpo estava ligeiramente acima do limite do bom senso.

Bem, para ser mais preciso posso dizer que me encontrava seis quilogramas acima do meu peso ideal.

Sim, sim, os homens também têm peso ideal, não gostamos é muito de o admitir nem do trabalho que dá manter o dito.

Decidi então que era necessária uma medida drástica para que quando chegasse o Verão eu pudesse ir para a praia sem ter que estar a suster a respiração tipo mergulho em apneia só para disfarçar o pneu.

Originalmente, a minha ideia era começar a fazer como o meu pai que de há dois anos para cá palmilha a nossa marginal oceânica diariamente, faça chuva ou faça sol.

Cheguei mesmo a comprar uns belos calções de Lycra rosa choque e umas sabrinas de ballet, mas o que é certo é que até hoje não fiz uma única caminhada.

Eu chegava a casa e até vestia o belo do calção com uma cuequinha fio dental (roubada à minha querida mulher, que eu cá só tenho cuecão) por baixo para não se notar muito, embrulhava-me em película aderente para suar bastante, calçava a bela sabrina e no preciso momento que me preparava para sair uma voz ecoava-me na cabeça "não vás...... olha quem te avisa teu amigo é..... não vás para teu bem e para...".

Pronto, eu nem deixava o gajo acabar. Como sou um gajo extremamente fácil de convencer voltava logo para trás. Nunca soube porque mas sempre achei que aquela voz devia ter alguma razão para me aconselhar mas era a estar sossegadinho.

Pois bem, ontem, acidentalmente, veio-me parar uma entrevista que Ele deu a uma revista nacional. Eu li e finalmente compreendi a voz que me avisava. Aqui está a prova.

zeze 1

Obrigado Zézé Camarinha, meu Deus todo poderoso. Felizmente que eu não sai de casa, para meu bem mas principalmente para o bem dos outros que por ali andam..... não me fosse de repente dar uma vontade e nem as ratazanas do Óasis escapavam!!!!!

publicado por Manel dos Anzois às 14:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

EDUCAÇÃO SEXUAL

8228_1

De volta e meia vem à baila a história de os nossos jovens terem aulas de educação sexual. Sinceramente não vejo qual é que é o interesse da coisa.

Eu já fiz a escola há muitos anos e já no meu tempo era na escola que se aprendia tudo sobre a sexualidade. É certo que não eram os professores que nos ensinavam, eram os livros....... ou melhor, as revistas. Aprendíamos tudo quando o nosso colega descobria a colecção de revistas Gina que o irmão mais velho tinha debaixo da cama.

De volta e meia lá conseguíamos descobrir um exemplar que não tivesse as páginas coladas e pumba, desvendávamos todos os mistérios da sexualidade.

É certo que nos dias de hoje já não há revista Gina, mas caramba, há internet e se há coisa em que a internet é útil é nisto. Afinal de contas foi para partilhar informação de cariz sexual que se inventou a internet.

Assim sendo, penso que o que se devia ensinar nas escolas, para bem da preservação da espécie, era a língua portuguesa feminina. O que é isto da língua portuguesa feminina, perguntam vocês. É simples.

É que embora aparentemente andemos todos a falar o mesmo dialecto, existe de facto uma enorme diferença entre o português falado pelo macho lusitano e o português da pura donzela.

Eu, graças a isso, andei anos e anos em terapia. Rios de dinheiro deitados à rua que se poderia ter evitado se eu conseguisse perceber o português que o raio das mulher me falavam.

Durante anos a fio sempre que perguntava às miúdas o que é que achavam de mim a resposta era sempre a mesma. "És interessante!", diziam elas.

A maneira como eu era catalogado fez com que durante praticamente toda a minha vida eu me sentisse um patinho feio, o último na cadeia alimentar da beleza masculina.

Só o ano passado fiquei curado quando a minha amiga Africana, por certo com pena de mim, me decidiu explicar como é que a mulher cataloga o macho cobridor.

Homem giro: traços físicos mais ao menos agradáveis à vista. Ponto final!
Homem muito giro: traços físicos agradáveis à vista. Ponto final!
Homem lindo: traços físicos muito agradáveis à vista. Ponto final!
Homem interessante: traços físicos agradáveis, aliados a uma presença e postura que despertam interesse e quiçá alguma comichão.
Homem marcante: traço físicos agradáveis, postura interessante e um olhar profundo... tipo de homem que nos leva ao altar!

Ora, de repente eu passei do fim da cadeia alimentar quase para o topo. Passei quase a sentir-me um Zéze Camarinha. Fiquei assim inchado e não é gordura, é o ego. Já mais calmo percebi o perigo que há nesta diferença de linguagem entre homem e mulher.

Embora o restante clã masculino não vá gostar, vou aqui ter que revelar como é que o homem cataloga a mulher.

Estropício. Este tipo de mulher só desperta interesse no homem no dia em que devido a acidente de trabalho ele fique duplamente maneta.

Interessante. Mulher feia e mal feita mas que em época de crise provoca no homem o seguinte pensamento "Olha.... vamos lá!", acompanhado por um suave encolher de ombros de desespero.

Boazona. Mulher com cara de Berliê estampada mas com um corpo de deusa sexual. Nalguns meios também conhecida por Raimunda. Feia de cara e boa de bunda.

Boa como o milho
. É como a boazona mas com beleza facial.

Podre de boa. É o topo de gama da espécie. Não só é como a boa como o milho, como ainda tem a vantagem de não se armar em inteligente e ser bem mandada.

Como podem ver, enquanto a mulher ao casar com o gajo interessante tem ali o seu Adónis, já o gajo que casou com a mulher interessante só está à espera que lhe apareça pelo menos uma boazona.

Quando eu pensava que já sabia tudo eis que este Sábado estava eu na discoteca do costume mas que eu nem vou dizer o nome pois os gajos não me pagam para lhes fazer publicidade, quando sou abordado por uma voz feminina.

"Estás a sentir-te bem?", perguntou ela. Devo salientar que isto aconteceu já a horas adiantadas. Tão adiantadas que o Dj já devia estar a dormir e para além da Maria, a senhora da limpeza, já só por lá andava uma meia dúzia que tal como eu, estavam sentados, de olhos fechados a descansar de uma grande quebra de tensão.

"Sim, tudo bem!", respondi eu ao mesmo tempo que lhe sorri. Este sorriso não foi traiçoeiro nem malicioso, foi só porque eu já tinha visto aquela avantajada mulher há uma hora atrás, a dançar Shakira como se estivesse a ter um ataque de brucelose.

Não sei se ficou inebriada com o meu sorriso ou se foi embriagada com o meu bafo, o que é certo é que em vez de me largar a braguilha e deixar-me novamente entregue aos meus profundos pensamentos continuou.

"Tenho uma amiga minha que te acha muito interessante..... interessante e misterioso!".

Prontos. Estragou tudo. Mas que raio é isso do misterioso. Agora estou outra vez cheio de dúvidas. É que para nós homens uma mulher só é misteriosa enquanto um gajo pensa "será que a gaja é boa na cama?????".

E ou muito me engano ou nós só somos misteriosos até ela descobrir o plafom do nosso cartão de crédito.

publicado por Manel dos Anzois às 14:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Domingo, 27 de Maio de 2007

SUAS MALUCAS!!!!!

Slide3

Aparentemente, os chocolatinhos do Kamasutra fizeram as delícias do público feminino deste blogue.

Não paro de receber mails a perguntarem-me onde se podem comprar estes rectângulos calóricos.

Sinceramente não compreendo este interesse feminino. Afinal de contas, se querem ver os bonecos é preferível comprarem o livro.

Ahhhhh, não é para verem os bonecos…. pois, pois… depois dizem que estão gordinhas.

Então aqui fica a informação. Estes chocolates podem comprar-se aqui ou aqui e se fizerem uma busca no Google muitos mais lugares apareceram.

Quero só alertar para um pormenor importantíssimo. Como se vê pela fotografia, estes chocolates são para chupar. É favor não trincar!!!!!

publicado por Manel dos Anzois às 20:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

TERAPIA SEXUAL - PARTE 2 - OS MIMOS...

Agora que ficou finalmente esclarecida a razão pelo qual o homem anda sempre com o sexo na boca, continuemos então a conversa de ontem.

Ainda bem que eu tive a feliz ideia de me sentar a ver o Factor M, o programa da minha querida prima Merche. Se tivesse em pé poderia bem ter-me aleijado com a repentina quebra de tensão que tive ao ouvir aquilo.

Uma dizia mata, outra dizia esfola.... porra, até fiquei dorido só de ouvir.

A convidada dizia "os homens tem que chegar a casa e ajudar as mulheres...." e a Merche ajudava à festa "pois.... arrumarem a cozinha já que é a mulher que faz o jantar...".

Quando eu pensava que o massacre tinha acabado, pumba, lá vinha mais.

"Já não estamos no antigamente, a mulher agora trabalha, tem que ser ajudada" e a Merche, ainda em rescaldo pós Ronaldo, pumba, mais uma cavacada "claro, arrumarem roupa, passarem a ferro...". O Marco Horácio, que também era um dos convidados, estava entre ambas, a olhar fixamente para o chão, por certo à procura de um buraco para se enterrar.

Depois vem a parte dos mimos. "A mulher tem que ser mimada..." e a Merche ajuda com mais uma encabadela "claro... claro... dêem-nos flores...". A coisa continua sempre em tom de protesto "a mulher tem que se sentir amada... " e a Merche lança mais um supositório "dêem-nos chocolates!!!!".

Irra! A porrada vinha de tal forma de todos os lados que quando perguntaram ao Marco Horácio o que é que ele achava ele respondeu "Ahhhh, eu sou um homem de sorte.... não me posso queixar de falta de sexo". Claro.... depois de uma tortura daquelas o que é que estavam à espera que o gajo respondesse? Mentiroso de merda!

O facto é que ainda assim passei o dia a matutar no assunto e cheguei a duas conclusões. A primeira era que no meu caso, a senhora Cu não se pode queixar que eu não a ajudo nas lides domésticas. Eu ajudo e muito! Por exemplo, chego a casa e calço logo os chinelos para não lhe andar a sujar o chão.

Outro exemplo.... ahhhhh ........ já sei! Sou eu que vou pelo meu próprio pé ao frigorífico buscar a minha cervejita..... mais.... mais..... ahhhhh, quando o comando da televisão desaparece graças ao Cuzinho ter andado a brincar com ele sou eu que ando ali que nem uma lavadeira de cu para o ar à procura dele.

E por falar em Cuzinho, quando ele acorda de noite sou eu que me levanto para lhe dizer do fundo da escada "faz pouco barulho ou eu vou ai e parto-te a fuça toda!!!!", como vêm não é por falta de eu ajudar que o sexo lá em casa anda desaparecido.

Será por falta de mimo? Nahhhhh... afinal de contas não passa um dia que eu não brinde o meu "love" com uns cachacitos de amor.... umas porradinhas de meiguice. Foi aqui que eu cheguei à segunda conclusão. Só se for por eu não lhe dar nada.... as tais flores e chocolates que aparentemente elas tanto gostam.

Como não tinha nada a perder, no Domingo sai com o objectivo de a presentear.

"Já sei.... vou-lhe dar rosas.... mas quantas....... não quero gastar muito dinheiro.... hummm, o melhor é dar-lhe só uma e se ela começar a reclamar digo-lhe que ela também só me dá uma por mês....".

Como vêm a minha intenção era boa, o problema é que graças à minha renite alérgica mal me aproximo de uma florista pareço um alarme, tais são os decibéis dos meus espirros.

Mudei de estratégia e decidi presenteá-la com chocolates.... e para ter a certeza que a coisa resultava comprei uma caixa inteirinha de chocolatinhos.

Na segunda-feira recebo o primeiro sinal de que a coisa ia resultar. Recebo um e-mail da minha querida mulher "tenho estado o dia todo a pensar naquilo...". Fiquei o dia todo com um sorriso tão grande que devo ter deslocado os maxilares e à noite não consegui jantar. Depois da promessa a verdade é que chegou a noite e nada!

Terça-feira foi por SMS. "Aiiii que não penso noutra coisa.....". Até chorei, não de emoção mas porque não consegui deixar de sorrir e a merda dos maxilares ainda me doíam. Chegou a noite e ..... pufffff, niente, rien, nada!!!!

Quarta-feira recebo uma chamada no telemóvel. Era ela.


"Aaiiiiii que não penso noutra coisa..." e pumba, desliga-me o raio do aparelho na tromba. Depois de três dias de promessas é com dificuldade que chego a casa. Os meus tomates parecem dois meteoritos. Estão duros e a ferver..... porra.... parece que andei a jogar futebol com o Ronaldo e o gajo passou o tempo todo a fazer pontaria aos meus tintins....

Foi com muitas pausas para umas flexões de joelhos que finalmente a noite chegou. Chegou tal como as outras e acabou também como as outras, ou seja.... nicles batatoides. Fiquei de tal maneira lixado com a quantidade astronómica de rebarba que isto tudo me tinha provocado que durante a noite fiz uma incursão aos chocolates.

Então e não é que desde que comi os malditos chocolates também não penso noutra coisa...... irra de devem estar embruxados.... olha provem lá um....



Slide2



Slide3



Slide4



Slide8



Aproveitem.... é que estão a acabar.... ando a comê-los todos.... afinal de contas é o mais parecido que eu tenho com sexo!

publicado por Manel dos Anzois às 14:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

TERAPIA SEXUAL - PARTE 1

  1. Enfermeira%20Sexy%202



    No sábado, já passava do meio-dia, andava eu a percorrer a cozinha em busca de alimento, ainda completamente desgrenhado, acabadinho de acordar, ainda com três quilos de remela em cada olho, um rasto de baba ao canto da boca e um bafo às fossas que desaguaram o ano passado nas praias de Buarcos quando as minhas orelhas de abano, qual radar da NASA captaram algo de interessante.

    O som vinha da televisão da cozinha que como habitualmente estava ligada mesmo não estando ninguém por perto. O que me despertou a atenção foi a frase debitada por uma melodiosa voz feminina que dizia "o homem chega a ter um comportamento obsessivo em relação ao sexo".

    A coisa prometia. Esqueci-me logo que estava com fome e fui a correr procurar os meus óculos para poder perceber quem era aquela figura desfocada que estava ali a dizer aquelas atrocidades como se percebesse muito do assunto.

    Foi já de óculos no frontispício que vi a cara da madame. Não sei o nome dela. Só sei que é terapeuta sexual e que tinha um programa sobre sexo num canal qualquer. Estava ali então a convite da Merche Romero.

    Aqui começaram a instalar-se-me as dúvidas. Se o programa era o da Merche Romero para que raio é que ela convidou a outra para falar de sexo? Se os rumores que correram por ai sobre a minha prima Merche forem verdade ela percebe muito mais do assunto do que a outra e isso torna-a muito mais habilitada. Toda a gente sabe que as aulas práticas são muito mais importantes do que as teóricas. Ora vejam o exemplo das universidades. Há faltas nas aulas práticas? Há! E nas aulas teóricas????? Não!!!!!

    O assunto interessava-me e sentei-me a apreciar o momento. "Tenho muitos casais que vão à consulta e o problema deles tem a ver com a necessidade sexual de cada um...", olha, afinal o problema é geral, pensei eu.

    "O homem tem a obsessão pelo sexo. É a sua necessidade de posse. O homem chega a casa e está pronto, a mulher não, não faz nenhum click, precisa de se sentir querida, amada, desejada, precisa de miminhos, flores, chocolates....". Decididamente esta mulher não percebe nada do assunto.

    Aquilo a que ela chama obsessão e necessidade de posse devo dizer que é antes o que no futebol se chama pressão no campo todo. Minhas amigas, eu passo a explicar e até vos dou a solução.

    Se a média do exercício coital anda numa por semana imaginem o que seria se nós homens baixássemos a pressão constante. No fundo é tudo uma questão de probabilidade matemática. Se com um "Como é que é minha querida? É hoje que vês o cu ao padeiro?", só lá vamos uma vês por semana, se estivéssemos mais caladitos então era uma mensal..... e com sorte!

    A verdade é que o homem não quer uma por dia como tanto apregoa. É verdade..... não se esqueçam que eu estou a falar de homens. Homens maduros em que a relação sexual começa logo durante o jantar só pela maneira como se chupa o fio do esparguete e não estou a falar de putos que no fundo são muita parra e pouca uva.

    Se para um bom Porto, um Vintage, tem que se esperar 20 anos, no homem tem que se deixar amadurecer a uva pelo menos 30 anos e ai sim, ele está pronto para ser consumido.

    Deixo até o desafio às mulheres. Quando o seu companheiro chegar a casa e proferir a já habitual frase, aquela que lhe provoca imediatamente uma terrível enxaqueca e lhe disser "Maria.... anda que hoje é dia de afogar o ganso", vocês deixem a "enxa" de lado e dêem ao homem a queca.

    No dia seguinte quando ele chegar já com hálito a umas valentes mínis e entre três arrotos disser "Amori... é hoje??????", vocês pumba! Arranquem-lhe logo as cuecas à dentada.

    Ao terceiro dia ele ainda lhe diz "anda para cima para eu te fazer uma massagem". É lógico que quando um homem oferece uma massagem à sua querida, embora ele não diga, está nas entrelinhas implícito que é uma massagem total. Total mesmo, não é só completa. É total... por fora e por dentro. Ele oferece e você aproveite. Esforce um sorriso e vá buscar a margarina para ele lhe barrar.

    Ao quarto dia ele provavelmente ainda lhe diz "querida, hoje sou eu que preciso de uma massagem". Aqui quero já alertar as minhas queridas leitoras que quando um homem pede uma massagem não se preocupem que não é nada de complicado nem cansativo. Quando o macho lusitano pede para ser massajado ele não pede uma massagem por dentro e por fora, nem sequer uma massagem de corpo inteiro. Para o homem basta que lhe massagem o escroto. Como vêm, nada de muito cansativo por isso sorria, agarre no frasco de tulicreme e aplique uma massagem com ambas as mãos.

    Ao quinto dia ele já entra com pouca coragem e desconfiado. Apanha-a distraída a lavar a loiça, chega-se por trás e entre três empurrões pélvicos soletra "já lá ia outra vez", você mostre-lhe que por baixo do avental não tem nada e diga-lhe "eu também... estava a ver que nunca mais chegavas a casa."

    Ao sexto dia é provável que ele chegue mais tarde a casa já na esperança que você esteja a dormir. Ele passou o dia todo a pensar em sexo. Mais precisamente como evitá-lo. Mal o oiça abrir a porta chame-o ao quarto onde o espera com um belo exemplar de fato de enfermeira. Ele vai engolir três vezes em seco mas o seu orgulho macho não lhe vai permitir dizer que não e muito a custo lá vai levar com a picada de enfermeira.

    Ao sétimo dia é domingo e ainda na cama você lamba-lhe o pescoço e com a sua voz mais sensual diga-lhe "amor da minha vida, minha paixão, meu Deus sexual.... hoje é domingo vamos ficar o dia todo na cama na badalhoquice". Vai ver que ele de um pulo salta do leito do amor e diz-lhe "não posso, vou com o Malaquias à pesca", isto mesmo não tendo cana, é claro.

    Depois de uma semana a fazerem isto, posso garantir-vos minhas queridas, que o macho lá de casa baixa a crista e que tão depressa não vos cobra as vossas obrigações matrimoniais.

    Só mais uma palavra agora para os meus amigos leitores de sexo masculino...... não precisam de me agradecer!


    P.S. Amanhã segue a segunda parte deste texto, agora dedicada aos ditos miminhos que lhes devemos dar....

publicado por Manel dos Anzois às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

iPod

ipod2

Metade da semana já passou o que quer dizer que aquela fase em que o corpo me dói todo, em que o cheiro a vinho me enjoa e que um puro Camel me sabe a mata-ratos já lá vai.

Hoje de manhã comecei a bater o pezito ao som do meu auto-rádio enquanto ouvia a cassete de Diapasão que me emprestaram.

A seguir ao almoço mandei umas gargalhadas com uns mails que recebi e agora que o fim do dia se aproxima estou mortinho por chegar a casa e hidratar com algo que contenha mais do que 40% de álcool. Provavelmente umas caipirinhas.

Como se vê, estou pronto e em contagem decrescente para mais um fim-de-semana. Até já recarreguei o meu iPod e tudo.

"Venham elas.... quantas são???? Quantas são?????? Maaaaaaarrrrriiiiiiiiaaaaaaaa ............... Alllllberrrrrtiiiiinaaaaaa deixa que eu lhe diga...... lááááá... lááááá´..... láááá.....".

Canto mesmo bem. É uma pena vocês não poderem ouvir.

Claro que isto tudo só serviu para vos recomendar a audição das 5 músicas que eu tenho no meu iPod. Qualquer uma delas faz bem às hormonas. Podem ouvir à vontade que eu não cobro nada pela informação.

publicado por Manel dos Anzois às 16:35
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 22 de Maio de 2007

RAT IN THE KITCHEN (UB40)

ratos2
(Esta fotografia foi descaradamente roubada ao Eng. Damaso, do blogue Confraria das Bifanas)

A grande notícia da semana que passou aqui na capital da parvónia foi a praga de ratos no nosso querido Oásis.

O meu primeiro contacto com a história foi através do blogue Amicus Ficaria onde se podia ler «A praga de ratos que coabita no Oásis já constitui uma “atracção turística”, sobretudo ao final do dia (lusco-fusco), com dezenas de pessoas a apreciarem aquele cenário. Um “espectáculo” que, no mínimo, se pode considerar repugnante, e representa um perigo para a saúde pública. », transcrito do Diário de Coimbra.

O facto não me despertou o mínimo interesse já que não tenho especial carinho ou admiração pelo animal em causa. Já sei que estão ai à espera que eu faça aqui o trocadilho fácil com a fêmea do rato mas tenho a dizer-vos que não me apetece, até porque eu associo o rato a um animal peludo e como bem sabem, já tive aqui oportunidade de o dizer, eu gosto delas mais para o carecas.

Já me tinha esquecido completamente do assunto, quando à noite, no habitual jantar de sexta-feira na Pizzaria Cláudio o assunto vem novamente à baila.

Estava em plena degustação da minha meia pizza piena quando o cicerone Cláudio se aproxima da mesa. Conversa puxa conversa e vem à berlinda a rataria. O próprio Cláudio dispara um "é uma vergonha para o turismo figueirense....".

A conversa podia ter-me tirado o apetite, mas não! O metabolismo dos meus 110 quilos exigiram e eu fiz-lhes a vontade. Mandei abaixo a segunda metade, agora de uma pizza Popeye.

Quero aqui salientar que até concordo com o Cláudio, isto de os primeiros turistas deste ano serem roedores não é muito abonativo para a cidade, mas não sei se a palavra dele conta muito.

Em 2005, ainda a Pizzaria era na sala antiga e o "patrão" era o Nelito, estava eu cá fora no corredor à espera de mesa quando fui brindado pela companhia de uma ratazana que mais parecia um coelho.

O gajo ali estava, mesmo por cima da antiga casa de banho dos homens a espreitar para a longa fila cá em baixo. Só lhe faltava dizer "têm muito que esperar.... têm muito que esperar....".

Claro que este encontro imediato do terceiro grau não impediu que eu tornasse a frequentar a tasca, até porque o dito bicho estava no exterior do estabelecimento, ou seja, num espaço público.

Por isso é que eu não compreendo o porquê de tanta algazarra à volta deste assunto.

Eu pessoalmente até fico contente com isso. Afinal de contas que haja alguém que dê uso aquele moribundo espaço (é claro que já estou novamente a falar do Oásis).

De qualquer das maneiras, se quiserem de lá tirar os queridos animais, deixo aqui uma sugestão. A ver pela fotografia os bichos são tão grandes que penso que uma equipa de desinfestação não vai conseguir expulsar os fofinhos do seu habitat natural.

Quando muito só uma equipa de cobranças difíceis constituída por ex-mercenários e membros da legião estrangeira conseguirá convencer as bolas de pelo a deixarem as palmeiras em paz, mas isso vai por certo custar uma pequena fortuna à nossa falida entidade camarária.

Deixo então uma sugestão para a resolução do problema. Uma vez que não há nenhum figueirense perito no manejo da flauta proponho que mandei para lá o tenor Luís Pinto, até porque se a minha memória não me falha ele até é empregado camarário.

Ponham o homem a cantar a plenos pulmões mesmo junto ao charco. De certeza que não há rato que aguente. Já os estou a ver todos em suicídio colectivo a enfiarem-se pelo Oceano Atlântico a dentro.

Coitadinhos dos bichinhos..... tão fofinhos que eram.....

publicado por Manel dos Anzois às 14:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

FINALMENTE VOU DESENCALHAR!!!!!!

alcazar

Não fosse eu ter tido mais um sinal de que a minha decadência se aproxima a passos largos e teria sido mais um fim-de-semana igual a tantos outros. Pela primeira vez na minha vida adormeci no sofá, no Sábado à noite a seguir a jantar.

Bem.... eu costumo adormecer no sofá a seguir a jantar, mas num Sábado à noite? Isso é que nunca. Oh Oh!

Já sabem que Sábado é o dia em que eu faço o meu tratamento de psicanálise algures na monótona noite Figueirense. Sábado é também o único dia da semana em que eu arrumo a cozinha depois do jantar, mas neste último a senhora Cu bem que me tramou.

Eu não sei se ela finalmente descobriu o porquê de eu ser tão prestável aos Sábados ou se foi só coincidência, o que é certo é que a sua atitude neste sábado passado teve repercussões que não mais poderei esquecer.

A razão pelo qual eu ao sábado me entrego ao serviço de voluntariado caseiro é simples. Enquanto eu devagarinho arrumo a cozinha, a patroa vai tomar banho e vestir o equipamento para a sua modalidade preferida que é dormir.

Como eu arrumo aquilo muito devagarinho, com uns cigarritos pelo meio acompanhados de uns beijinhos na garrafa de Vat69 para ir fazendo o aquecimento para a night, quando estou despachado já ela dorme a sono solto no sofá da sala.

Eu aproveito e pé ante pé vou até ao vídeo da sala e adianto o relógio duas horas. Depois basta-me murmurar-lhe ao ouvido "Vai para a cama que já é tarde. Eu vou só ali à colectividade beber um café" e pumba, dou de frosques de casa ainda a noite é uma criança.

O meu primeiro poiso costuma ser a Danceteria Paraíso mas só por comodismo. É que o estábulo em causa fica precisamente no caminho de minha casa até à 24 de Julho figueirense. O facto de o dito espaço ser muito frequentado por gado bovino nada tem a ver com a minha escolha. Aliás, tem noites que o gado é tanto que eu prefiro fazer uma paragem 20 metros mais à frente, na requintada e sossegada Kipper.

Só depois de dois ou três canecos neste nocturno estabelecimento é que me digno a avançar com o resto da programação. Tal como se de uma grelha televisiva se tratasse, a minha programação nocturna não é nada surpreendente. Passa irremediavelmente por 4 espaços. Atlântida, Tapas, Zeit e Bergas. A ordem até é exactamente esta.

Claro que quando chego ao Bergantim já a hora seria mais própria para o regresso a casa e o meu estado já não é o melhor. Tudo devido ao sono, é claro.

Pois o que mudou este Sábado foi precisamente isso. A minha excelentissima esposa brindou-me com um "deixa estar que eu arrumo a cozinha. Vai descansar as carnes para o sofá". Como sou bem mandado fui. Resultado. Adormeci no sofá e acordei em completo sobressalto já passava das duas da matina.

"Porra..... já estou quatro horas atrasado....", pensei eu.

A tarefa de recuperar essas quatro horas era de tal maneira Herculeana que só de pensar nisso fiquei com dores de cabeça. A noite realmente começava a correr mal. Para não perder mais tempo saí de casa exactamente com o que tinha vestido. O meu fato de treino do SLB.

Cheguei ao Paraíso e lugar para estacionar a carroça nem vê-lo. Mais uma contrariedade. A noite não prometia nada de bom. Cheguei mesmo a ponderar dar meia volta e regressar a casa mas estava de tal maneira aborrecido com tudo o que me estava a acontecer que achei melhor esperar um pouco, resfriar a cabeça, não fosse eu entrar em casa a distribuir porrada em tudo o que se mexesse.

Estava de tal maneira desorientado que optei por ir directo para o Bergantim. Má escolha. Pela primeira vez na minha existência entrei lá com aquilo ainda com um ar respirável. Ora bolas.... assim ia que ter que comprar cigarros. Afinal não ia esperar que aquilo ficasse cheio de fumo para poder fumar o dos outros! O raio da noite estava a começar a ficar cara.

Subi ao primeiro andar onde só estava o Dj Lémure, com o seu novo visual, tal e qual o General Alcazar, a personagem das histórias do Tintim. Opto por descer e sentar-me na mesa mesmo ao lado da cabine do Dj Óscar, também ele com um novo visual. Cabelo espetado tipo porco-espinho e óculos para lhe tentar dar um ar mais inteligente, o que diga-se, não é conseguido.

Estive ali sentado cerca de uma hora, sempre na solidão da companhia que o meu whisky proporcionava. A discoteca ia enchendo a conta-gotas e o Dj Óscar nitidamente ia enchendo chouriços com musiquinhas da tanga enquanto a casa não ficava cheia.

O whisky não batia e a sonolência não desaparecia. Estava prestes a tomar a decisão de voltar ao leito do meu sofá quando sou abalroado por uma manada de meninas em plena euforia. Demorei alguns segundos a descobrir o que se passava. Por fim lá chega a líder do grupo, com a cabeça ornamentada por um majestoso véu. Era uma despedida de solteira.

Nunca percebi porque é que as mulheres têm esta atitude. O homem na sua despedida de solteiro comporta-se como se estivesse num funeral. Não ornamenta a cabeça. Não faz estardalhaço..... enfim, o máximo que faz é ir ver gajas nuas a uma casa de alterne, pagar uns copos aos amigos e apanhar uma bruta carraspana para se esquecer da loucura que está prestes a cometer.

Já a mulher, rodeia-se das suas amigas e perde toda a sua compostura. Ali estavam elas, aos berros tipo galinhas histéricas, com a fotografia da noiva nas t-shirts, uma outra prática que eu não entendo.

Estava eu absorvido por aquele novo espectáculo quando entra um segundo grupo. Agora a pastora do rebanho trazia não um véu, mas sim um belo caralhito (o diminutivo é só para tornar a palavra mais simpática) a ofuscar-lhe a testa.

Decididamente eu não percebo as mulheres. O véu eu ainda compreendo, é como se se tratasse de um enorme placar onde se poderia ler a frase "Finalmente vou desencalhar!!!!", agora o bacamarte não compreendo.

Afinal de contas ninguém vê o belo macho reprodutor com uma enorme crica na testa na sua despedida de solteiro, pois não? E isso até que era bem compreensível, uma vez que depois de casar tão depressa não vai ver uma!

publicado por Manel dos Anzois às 16:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

REMÉDIO PARA A FALTA DE INSPIRAÇÃO

Ao fim de 400 posts temo pelo futuro deste blogue. Acabou-se a inspiração..... felizmente já há remédio para isso e acabei agora de comprar um frasquito.

Espero que resulte..... bom fim-de-semana.

yoursign2

publicado por Manel dos Anzois às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 17 de Maio de 2007

ESTÁ HOJE OFICIALMENTE ABERTA A TEMPORADA

OhneWorte-nel

"Proteja-se. É em Maio e Junho que a concentração de grãos de pólen de gramíneas (trigo, milho, cevada, etc.) atinge os níveis mais altos."

A frase jazia no canto inferior esquerdo da página 110 do notícias magazine de Domingo, mesmo ao pé da reportagem sobre a pedra no rim.

"Mas que raio tem a ver a cevada com a pedra no rim????", pensei eu. Eu nem sou grande bebedor de cerveja, ao contrário do meu amigo Rato que bebe à vontadinha um barril de Bud’s por noite, mas ainda assim, de volta e meia gosto de mandar uma bejeca abaixo.

Fiquei por isso intrigado. Era o que mais me faltava agora era ter pedra no rim...... em risco de ficar ainda mais pesado! Li o artigo todo e a defunta frase nada tem a ver com o raio da pedra.

Então o que é que está ali a fazer? Hoje percebi. Era um sinal que me estavam a enviar, uma espécie de mensagem sublimar.

Está hoje oficialmente aberta a temporada.

Se a partir de hoje me vir a esfregar a minha descomunal penca como se o Mundo fosse acabar a qualquer momento, não pense que é devido a uma linha de coca. Não, infelizmente não se deve a isso.

Se der de caras comigo e eu estiver com os olhos lacrimejantes e completamente vermelhos aviso já que tal não se deve aos cigarritos da Maria Joana.

Se eu estiver sonolento, cansado, completamente a dormir em pé, alerto já que ainda não foi desta que eu queimei a pedra de haxixe que tenho lá em casa a secar.

Se olhar para a minha face de anjo em contraluz e o meu esbelto nariz parecer uma torneira avariada aviso já que nem estou constipado nem sequer a ressacar.

E por fim, se eu lhe dirigir a palavra e no meio da mais bela frase tipo "está frio aqui...." lhe mandar três espirros para cima isso é........ rinite alérgica polímica...... e a partir de hoje, estou na minha época alta........ aaaaaaatchhhhiiiimimimmmmm..... aaaiiiiiiii....... só me apetece enfiar o escovilhão dos biberões do puto pela penca acima....

publicado por Manel dos Anzois às 16:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

BARBARA MILLICENT ROBERTS - UMA GRANDE MULHER

Barbara Millicent Roberts – Uma grande Mulher.

É este o título do artigo que consta na revista do Jornal de Notícias. O artigo contínua com o seguinte cabeçalho.

À beira de fazer cinquenta anos, Barbara Millicent Roberts é uma mulher amada por uns e odiada por outros, que sempre lutou pela emancipação feminina e fez por isso muito mais do que muitas figuras que aparecem nas bocas dos media. Aqui fica a minha homenagem.

Não vos maço mais com trechos do texto que é um bocado para o chato. Quero só demonstrar-vos que também se aprende alguma coisa a ler este blogue.

Barbara Millicent Roberts nasceu em 1958 e é filha de Ruth Handler e Eliott Handler, um dos sócios fundadores da empresa Mattel. É conhecida de todos nós por Barbie e é a boneca mais vendida do mundo. A cada segundo que passa vendem-se mais três numa qualquer parte do globo.

Ainda assim os tempos estão difíceis e para combater a crise criada por uma forte concorrência das Bratz e das bonecas made in China, a Mattel pediu-me para criar um novo modelo, para ser lançado então no Natal de 2007 e tendo já em conta a comemoração do seu 50º aniversário.

Apresento-vos aqui em primeirissima mão o modelo por mim criado. Além de estar na moda vai garantir à Mattel um bom encaixe financeiro devido à poupança de matéria prima.

IMAGE_Barbiess

publicado por Manel dos Anzois às 17:06
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 15 de Maio de 2007

EDUARDO SÁÁÁÁÁÁÁIIIIIIII DE BAIXO!

foto%20eduardo%20sa

Por acidente descobri ontem a dieta ideal para mim. Agora para a pôr em prática basta arranjar 4000 assinaturas. Não, não! Não me vou candidatar à Câmara Municipal de Lisboa, já que esse acto ia com toda a certeza fazer-me mas era engordar..... pelo menos os bolsos, é claro.

Eu preciso das assinaturas para tentar convencer o Francisco Penim a pôr o Psicólogo Eduardo Sá no telejornal não só à segunda-feira mas todos os dias. Eu já tinha reparado que às Segundas-feiras eu nunca tinha muito apetite, só que andava desconfiado que tal se devia ao enjoo provocado pelos abusos do fim-de-semana.

Foi a minha querida mulher que me alertou que tal não era possível, uma vez que ao pequeno-almoço eu mandava abaixo três tigelas de sopas de cavalo cansado e ao almoço quatro pratos de tripas à moda do Porto, ou seja, o apetite habitual. Ao jantar é que a coisa corria pior.

Ao jantar nem o pratito de sopa descia como deve ser, mas claro que como não gosto de desperdiçar comida acabava por comer tudo e ainda lamber o prato, mas sempre a modos que contrariado.... enjoado..... mal disposto.

Apercebi-me que esses sintomas estavam associados à presença do Eduardo Sá na sua rubrica semanal que tem no telejornal da SIC. Aquela carinha de quem comeu e não gostou..... aquela pose de boneco de cera.... aquela voz de quem acabou de mandar uma caixa de Xanax abaixo tiravam-me o apetite.

Quando ele se põe com as teorias de que as crianças têm razão, que lhes devemos dar atenção, miminhos e essas paneleirices todas até ficava com azia. Vê-se logo que o gajo não tem filhos.

Afinal para que é que servem os filhos se não lhes podemos dar uns cachaços para descarregarmos o stress de um dia de trabalho. De que é que me serve ter dois filhos se não os posso pôr a fazerem a faxina da casa, ou a aspirar o carro ou até mesmo a coçarem-me as costas???? O gajo não sabe do que fala!

Bom, claro que quando percebi que era o Pichicólogo que me tirava o apetite, o telejornal da SIC passou a ser prato obrigatório lá em casa. Eu até prefiro as histórias de faca e alguidar da TVI, mas como quero perder 100 gramas até Agosto decidi que lá em casa não se via mais nada.

Ando nisto há mais de um mês e não vejo progressos nenhuns...... até estou mais gordo. Se calhar o gajo provoca-me a paragem da digestão..... e isso acaba por me engordar ainda mais.

Tenho que fazer aqui um aparte para dizer que para mim jantar em casa é como ir ao restaurante. Mando a cozinheira que por um mero acaso também é a senhora Cu fazer-me o prato que me está a apetecer comer e só vou para a mesa quando o prato já lá está a fumegar. No fim, como a sobremesa, fumo um cigarro e mando pôr na conta, levantando-me de seguida para o digestivo na sala de estar já repimpado em frente à caixa mágica.

É lógico que para poder usufruir de todos os requisitos que também tenho num restaurante os putos não comem ao mesmo tempo do que eu. Sim.... sim.... eu sou como o Miguel Sousa Tavares.... já vos disse.

Voltemos então à minha dieta. Então se o método não está a resultar porque é que eu quero lá por o gajo todos os dias? Calma que eu já explico. É que ontem testei uma nova combinação. Como estava bem-disposto decidi deixar a família toda sentar-se à mesa para o repasto.

À minha frente ficou a senhora Cu, à minha direita o Cuzinho e à esquerda a Bundinha. Estou eu a meio da terceira colherada do prato de sopa quando o boneco se cera diz na televisão "Vamos então ouvir o testemunho de jovens adolescentes sobre a sua primeira experiencia sexual".

Quando ouvi isto fiquei logo com as orelhas em pé, mas antes que pudesse retirar a colher da boca uma vozinha entra-me pelo pavilhão auricular esquerdo a perguntar "Papááááá. O que é uma experiência sexual?????".

Foi como se tivesse levado um murro no estômago. Como consequência engoli a colher e escusado será dizer que não comi mais nada. Aliás, hoje ainda estou com a colher atravessada ... já tomei três laxantes e a gaja teima em não sair.... o pior é que perdi o apetite por completo. Estou.... a modos que cheio.... enfartado..... aiiiiii....

publicado por Manel dos Anzois às 18:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

CURTAS


1 Centímetro:

Eu sei que hoje ainda é só segunda-feira e normalmente neste dia a minha cabeça anda completamente baralhada e vazia de ideias. São as consequências da desidratação a que sou sujeito durante o fim-de-semana, mas ainda assim, estou mais confundido do que é costume.

Então não é que o Miguel Sousa Tavares pronunciou no Expresso o seguinte pensamento retórico "Como é que um casal de dois médicos ingleses deixa três filhos de dois e três anos de idade sozinhos em casa, para ir jantar ao lado, num restaurante?".

Pois..... eu concordo plenamente com a questão, a grande diferença entre mim e o querido Miguel, para além de eu ter os bolsos muito mais vazios e de ser extremamente mais bonito e sexy é que não fui eu que na semana passada disse que o barulho de uma criança no restaurante incomodava muito mais do que o fumo do tabaco na mesa do lado.

Não!!!! Não fui eu que disse isso!!! Fui???? Será que fui? Esta minha cabeça já não é o que era....ai.... ai.... a minha memória..... será que fui eu que disse isso? Não??? Ahhhh, está aqui o meu colega do lado a dizer-me que não, que foi mesmo o Miguel Sousa Tavares que pronunciou tal afirmação.

Mas afinal em que é que ficamos? Devemos levar as crianças ao restaurante ou levamos só os cigarros..... ai.... estou confundido.... deve ser de ser segunda-feira.

Quanto a ti, Miguelinho, só te posso dar um conselho. Deixa mas é de fumar esses cigarros que trouxeste do Equador que te andam a dar cabo da cabaça.

2 Centímetros:

Segundo um estudo recente o tempo médio de vida, tal como o juro bancário, está a subir e encontra-se agora em 78.5 anos. Durante esse período dizemos 123.2 milhões de palavras, mas atenção que isto não é repartido igualmente. Segundo o mesmo estudo a mulher diz 6800 a 8000 palavras por dia enquanto o homem se fica pelas 2000 a 4000. São eles que dizem.... não sou eu! Ora isto só prova aquilo que eu penso, ou seja, nós homens é mais acção..... e é esta acção que me leva ao ponto seguinte.

3 Centímetros:

Durante esses 2.475.576.000 segundos que vão do nascimento até à morte praticamos em média 4200 actos sexuais, sendo que o acto sexual solitário não é para aqui chamado. Pelas minhas contas isto dá, em números redondos, 53.5 quecas por ano, ou seja, 4.5 berlaitadas por mês.

Estava eu todo contente por me faltarem só 4 esfregas mensais para finalmente estar na média em alguma coisa quando sou interrompido pelo Malaquias que me diz "Epá..... tens que refazer a média. Pelo menos nos primeiros 14 anos de vida tu nem a cheiras e nos últimos 10 nem a vês....".

Refeitas as contas, a média semanal sobe para 6 esfregas de quatro joelhos por mês..... ora bolas, por muito que me esforço daqui para a frente, já não vou conseguir lá chegar.

Reparei agora que mais uma vez acabei a falar de sexo!!!!! Porra, com tanto sexo oral já devo estar com os pés para a cova!!!!! (Quem não percebeu esta última frase, faça o favor de se elucidar aqui).

publicado por Manel dos Anzois às 16:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 11 de Maio de 2007

SEGURANÇA

security

Antigamente, que é como quem diz, no meu tempo, um gajo quando não sabia fazer mais nada ia para trolha. O trabalho era simples, não precisava nem de arte manual nem de um elevado QI.

Eu próprio cheguei a trabalhar um verão a dar serventia de pedreiro nas obras da extinta Discoteca Amnistia. Aquilo era um trabalho simples. Acartar balde de massa para dentro, carregar garrafa de míni vazia para fora. Era um espectáculo.

Hoje já não é bem assim e eu até compreendo. Quando no outro dia descobri que um trolha chega a ganhar mais do que eu que andei dez anitos (Sim!!! Sim!!! Dez..... sou um bocado para o burro!!!!) no ensino superior a queimar a pestana e a afogar os neurónios em álcool percebo porque já não é qualquer um que vai para trolha.

Então agora um gajo que não saiba fazer nada, absolutamente nada, que profissão é que pode exercer? Já ando a meditar nisto há algum tempo mas só ontem, quando entrei no Pingo Doce para comprar um quilograma de limas para pôr a boiar em cachaça é que se me acendeu uma luz na pinha.

Securita!!!! Nos dias de hoje, um gajo que não saiba fazer nada pode ser .... securita!. Escusam já de me dizer que securita não é uma profissão que o nome da profissão é segurança! Mas ó meus amigos.... segurança? Segurança é o guarda-costas do primeiro-ministro. Segurança é o gajo que trabalha na Disco é que é terceiro Dan em Kung Fu ou em Sandoku ou numa outra arte marcial qualquer acabada em ku.

Afinal de contas quais são os requisitos para ser securita?

Tem uma altura mínima? A ver pela securita que está à porta do hospital não! Qualquer metro e meio chega bem.

Tem que ter o corpo super musculado e fazer 320 elevações e 400 abdominais? A ver pelo securita do Jumbo não!

Tem que ter uma super visão para descortinar que um gajo está a gamar uma pastilha na outra ponta do corredor? A ver pelo Securita pitosga do Pingo Doce não!

Tem que ser cinturão nalguma arte de combate? A ver pelo aspecto de qualquer um deles, também não?

Concluo então que não se precisa de fazer nada para se ser securita. O que eu não percebo é porque é que certos estabelecimentos como por exemplo o Pingo Doce, retiraram a protecção policial e colocaram lá um securita.

Afinal de contas, se eu estiver no gamanço, qual é o perigo que corro? Levar com um tiro? Nahhhhh, o gajo nem tem arma. Só se usar os óculos como arma de arremesso. Apanhar com um rotativo de calcanhar? Nahhhh, ainda lhe saltava a perna com a falta de jeito. Então? Hei-de ter medo de quê?

Ahhhh, já sei. O gajo ainda se põe a contar anedotas e eu morro de tanto rir..... deixa-me mas é lá por as pastilhas novamente no sítio!

publicado por Manel dos Anzois às 17:58
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

TESTOSTERONA

tomates%202

Um destes dias a minha querida mulher veio com a seguinte conversa "tens que acabar com essa coisa de andares sempre a dizer mal de mim na porcaria do teu blogue. Qualquer dia toda a gente sabe quem tu és e depois eu nem sequer tenho coragem para por os pés na rua".

Para que isso não aconteça quero aqui esclarecer que eu e a senhora Cu somos um casal perfeitamente normal. Temos a nossa discussãozita, sim senhora, mas nada de muito exagerado. Devemos discutir em média uma vez por dia.

A maior cota de responsabilidade para as nossas discussões diárias é a língua portuguesa e o facto de ela ser uma língua propícia a várias interpretações.

No nosso atarefado dia-a-dia, onde para além do trabalho constam ainda dois filhos, o que implica o dobro dos sarilhos e do suor, só nos sobra tempo para nós por volta das vinte e três horas.

A essa hora lá nos sentamos no sofá, mas o cansaço é tanto que a boca recusa-se a abrir para produzir o som a que normalmente chamamos falar. Além do mecânico pestanejar, o único músculo que consigo ainda mexer a um ritmo interessante é o músculo que movimenta o meu polegar. Faço uso disso para o habitual zapping pelos canais televisivos.

Dez minutos depois acrescenta-se a este ritual as constantes cabeçadas de sonolência. É aqui que finalmente um de nós vence o cansaço e articula quatro palavras seguidas "vamos para a cama?".

A partir desta fala tudo muda. Enquanto que para a minha mulher "ir para a cama" é uma espécie de pretérito perfeito do verbo dormir para mim é o presente do indicativo do verbo fod..... aaaaaaa...... procriar.

É aqui que o nosso dia se anima. É que eu ainda sou da família do Pavlov e a frase "vamos para a cama" provoca-me não só um ligeiro salivar, como faz com que a minha testosterona se ponha em estado de alerta vermelho.

Quando chegamos à conclusão que não estamos a falar bem da mesma coisa lá vem a discussão. Quando não discutimos por isto, discutimos por causa de sexo, ou antes, falta dele.

No fim-de-semana passado lá arranjamos um tempinho para falar deste nosso problema e chegamos a uma conclusão. Já que o sexo espontâneo e inesperado não vai lá casa, vamos abordar o sexo programado. Programado ao centímetro. Não digo quantos para vocês não ficarem com inveja.

Decidimos então programar não só os dias, como também as horas e os segundos de duração da nossa actividade sexual. Foi com este intuito que começamos na segunda-feira as negociações, via e-mail entre o meu posto de trabalho e o dela.

Como seria de esperar na matéria em causa, a primeira proposta partiu de mim. "Duas vezes por dia!", arremessei eu.

"Uma.......", quando comecei a ler a resposta até os meus pelinhos (os pelos do Cu) bateram palmas enquanto eu sonhava "olha... olha.... uma vez por dia.... bem melhor do que eu esperava...", sou interrompido nos meus festejos por mais um mail da patroa "......por ano!". Escusado será dizer que neste dia não lhe falei mais.

No dia seguinte continuamos as negociações "Uma por dia!", implorei eu. Resposta..... "uma por mês".

"Uma de três em três dias", regateei eu. "Uma a cada quinze dias", retaliou ela.

Como estava a ver que não ia conseguir convencê-la a aproximar-se sequer dos chamados mínimos exigíveis para os jogos olímpicos, comecei então a fazer uma pesquisa na internet em busca de algo que lhe chorasse ao coração e a convencesse a mais algum....... esforço.

Foi assim que descobri coisas completamente desconhecidas para mim até esse dia e que vou agora partilhar convosco. Digam lá que isto não é um blogue didáctico.

Eu sabia que o responsável pelo bom funcionamento do músculo púbico do homem era a testosterona. A testosterona é como aquelas gotas que se tomam para abrir o apetite. É ela que nos desperta o apetite sexual e nos possibilita estarmos sempre prontos para nos roçarmos em tudo o que se mexa.

Claro que isso eu já sabia. Nunca tinha era pensado de onde é que ela vinha. Sempre achei que fosse produzida no pâncreas, ou na bílis ou no apêndice, sei lá.... não sou médico!

Então não é que a testosterona é produzida nos testículos!!!!!! Extraordinário. Eu a pensar que os testículos eram uma espécie de batente de segurança, como aqueles que pomos atrás das portas, que só serviam para evitar que um gajo se entusiasmasse muito e fosse todo por ali dentro!!!!

Finalmente percebi porque é que se castra os cães e os gatos. Aquilo não é nenhum método de contracepção. É mesmo tirar a vontade ao bicho..... bem.... sempre tem a vantagem de evitar que o raio do cão do nosso melhor amigo se venha roçar todo nas calças de um gajo.

Agora que fiquei a saber desta maravilha da ciência moderna tenho ainda a dizer-vos que pensei muito, ponderei, meditei, e estou disposto a sacrificar-me a favor do meu casamento.

Para que as discussões por causa do sexo acabem estou disposto a qualquer sacrifício, até esse mesmo que estão a pensar. Vou sacrificar a estética da beleza corporal. Vou contra a perfeita criação de Deus.

Já marquei a cirurgia e tudo. A partir de Julho a minha querida mulher vai ter também dois tomates!!!!!

publicado por Manel dos Anzois às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

CURTAS.....

aquafresh

Segundo elas dizem "O tamanho não importa!". Pois..... eu acho que são todas umas grandes mentirosas e que ao dizerem isso é uma maneira simpática de nos manter o orgulho e o ego em cima. Na verdade o que elas querem dizer é "Não te preocupes. Dá lá uso a essa coisa de tamanho ridículo mas não te demores muito que eu tenho coisas mais importantes para fazer. Já está? Não!!!! Não é ai!!!! Dá cá que eu ajudo! Irra que é sempre a mesma coisa....". Ainda assim, correndo o risco do tamanho interessar, hoje tenho algumas curtas para vocês. Aqui vai.

Paulo Gonzo terá dito ao jornal Tal & Qual "Num universo de 60 carecas, fui considerado o mais charmoso do País". Depois de saber disto Alberto João Jardim terá já dito "No próximo Carnaval vou desfilar ao som de É dos carecas coxos que elas gostam mais.... lá lá lá lá ... cidade maravilhosa....".

No debate mensal realizado na Assembleia da República o líder do PSD, Marques Mendes, terá dito para José Sócrates "Importa-se de me olhar para a cara?" ao que Sócrates terá respondido no mais perfeito Inglês Técnico "I can't because i have a... a.... a.... espondilose in my back and i can't look down". São os chamados bicos de papagaio.

Ainda no mesmo debate Paulo Portas terá dito ao Primeiro-ministro. "Dizia que eu era um cadáver político. Aqui está o cadáver político que ainda por cima se move". O senhor Engenheiro, ofuscado com o sorriso Aquafresh ficou sem resposta. Ora, eu que sou um grande fã da série Sete Palmos de Terra já vi isso acontecer várias vezes. São gazes!

Fernando Madureira, líder da claque do FC Porto terá afirmado que "os Super Dragões reflectem os vários extractos sociais, desde toxicodependentes até juízes". Olha... olha.... esqueceu-se de falar nas putas. Ainda assim esta afirmação não me surpreendeu. Com a linguagem das suas cantilenas, com as cenas de porrada nos fins dos jogos e com os gamanços nas estações de serviço eu logo vi que nos Super Dragões há juízes!

Rui Reininho, a super vedeta nacional das canções sem nexo terá dito à revista Lux "José Cid é o nosso Elton John privado". Primeiro pensei que afinal não eram só as letras dos GNR que não faziam sentido. Depois pensei.... pensei.... e fiquei na dúvida. Será que é o Elton John que tem um olho de vidro e usa peruca ou será que é o José Cid que é bichona. Reflecti mais um bocadito e cheguei à conclusão de que é o José Cid que pega de empurrão, afinal de contas é ele que anda para ai a cantarolar "Como o Macaco gosta de banana...".

Agora que li isto que para aqui escrevi tenho a certeza de que o tamanho importa!!!!! E muito! Amanhã volto com alguma coisa maior..... mas não muito!

publicado por Manel dos Anzois às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

PAPEL HIGIÉNICO

image019

Segundo a BBC, Sheryl Crow lançou um apelo para que se reduza o uso de papel higiénico.

Como não vi o resto da notícia fiquei sem saber se a medida se deve a preguiça manual ou se é puramente é cu lógica, embora esteja mais inclinado para esta última hipótese.

Se o apelo for em frente eu desafio todos os figueirenses a serem ainda mais inovadores e a abolirem completamente o uso do papel higiénico.

Com esta medida temos a garantia de que mais nenhuma árvore é derrubada por causa do cu (já basta as que ele mandou cortar na zona do jardim, supostamente por estarem doentes), mas mais importante do que isso, tornamos a dar vida ao pulmão da nossa cidade.

Quando eu era chavalito, já no século passado, um dos ex-líbris da nossa cidade era aquela imensa zona verde baptizada de Abadias. As Abadias, aos sábados e domingos, estavam repletas de jovens e menos jovens a praticarem desporto, principalmente aquele do pontapé na bola.

Enquanto sol houvesse não se conseguia ver um palmo de erva. Estava todo o tapete ocupado. O rectângulo preferencial para a prática da peladinha era aquele que agora jaz mesmo em frente ao CAE. Para se conseguir "alugar" esse campo tinha que para lá se ir quase de madrugada.

A segunda opção era logo do outro lado da vala, naquela altura ainda sem pontes de metro em metro, o que proporcionava a que todos nós fossemos praticantes de salto em comprimento. Esse segundo campo tinha um senão. As árvores que por lá ainda habitam e que de volta e meia proporcionavam umas valentes marradas.

Os restantes rectângulos, devido às suas reduzidas dimensões já não se proporcionavam à jogatana, mas ainda assim serviam para mandar uns chutos.... na bola, é claro e mesmo esses estavam ocupados.

Ainda o Squash não tinha sido inventado e nas escadarias de acesso à biblioteca já se passava o dia de raquete erguida a bater a bola contra a parede.

Era nessas mesmas Abadias que a Naval organizava um torneio de futebol de cinco que servia para captação da miudagem que tinha mais jeito para o chutapé.

Foram essas Abadias que assistiram ao Esplendor na Relva que eram secções de cinema projectadas numa grande tela. Não havia pipocas nem o risco de adormecer durante o filme já que os braços tinham que estar sempre ocupados a expulsar a mosquitada.

Uma vez por ano, para pena da garotada, as Abadias transformavam-se na maior feira da região, denominada Fimar.

Provas de corta-mato e corridas de galgos também por ali passaram.

As antigas Abadias só tinham um senão. A vala, mais propriamente o cheiro a fossa.

Hoje em dia eu passo por lá e o máximo de acção que ali vejo são as excursões oriundas de Fátima a fazerem o belo do pic-nic em modos de aperitivo para a típica siesta.

Ora se abolirmos por completo o papel higiénico, aquele espaço vai sentir-se novamente útil. É que sem papel higiénico em casa, a única opção dum gajo é depois de largar o lastro ir a correr de calças na mão até às abadias para roçar o cu na relva, tal como fazem os cães.

Até já estou a imaginar o relvado novamente repleto de gente.... novamente o cheiro a fossa no ar...... já para não falar que é uma actividade que pode proporcionar o ínicio de uma bela amizade.

publicado por Manel dos Anzois às 14:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |

mais sobre mim

Cheirem-me o Cu

Com Lubrificante Please

Queres mesmo saber?

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Bufas recentes

RIP CU(RL) - 2005-2012

BEST CUZINHO - #2

4 OUTUBRO - DIA MUNDIAL D...

BEST CUZINHO - #1

ANDA TUDO DOIDO.....

SPEEDO GONZALEZ

COPY PASTE

ENRA BAR - SHOT'S A 25 TO...

11 ANOS DE 11 DE SETEMBRO

JOGOS PARALÍMPICOS LONDRE...

Promoções 2 em 1

NUMERO ANÓNIMO

VERÃO

DESTINOS DE FÉRIAS NA SUA...

PINGO DOCE vs TATTOO ANAL

CHUPA QUE É CANA DOCE!

JE SUIS COME SI COME ÇA M...

TABACO MENTOLADO, COISA D...

POR MIM PODES FICAR SEMPR...

SALGUEIRAL

IDOLOS 2012

RECORDAR É VIVER....

SEM CUMENTÁRIOS

ORGULHO FIGUEIRENSE

ARTE

ANATOMIA DE GREY

CONA

SÓCRATES

XUXA

CHAMINÉS

Best Of Cu

DOMINGOS..............

FARMÁCIAS

COMPRAS

ESTÁ QUASE...

VAMOS À LA PLAYA OH OH OH...

O BARBEIRO

LICENÇA DE PATERNIDADE - ...

LICENÇA DE PATERNIDADE - ...

SANITÁRIOS...

2º ASSALTO: O CU DO MUNDO...

links

pesquisar

 

últ. comentários

Já foi bom, agora nem dado
Marisco congelado? acredito que as percebes sejam ...
Fui lá uma vez e fiquei tão de pé atras.. Para que...
o criador deste blog e um anormal de primeira
Eu não sou camionista, mas evitar convivência diár...
Cona boa!
Q vontade de lhe *spetar a minha p*ça de 25...
Quanto maior o canal da uretra (e do pênis ) maior...
O meu famoso ROOMBA caiu-me um dia das mãos... Con...
E assim o último pingo nunca será mais da cueca. E...
A ideia de ganhar dinheiro sem ter muito trabalho ...
Descobri o blog hoje, e já era finado, paciência. ...
è uma pena ..logo que por acaso encontrei o blog.....
Excelente. Já pensou acompanhar mais pessoas aos H...
Roomba y Neato Portugal - www.sinwestportugal.com
eu vou deitar esse site abaixo para nunca mais um ...
José Mourinho, impávido e sereno em "Chiambretti n...
culés, culerdos e caganers....?
Para quem perceber e gostar um pouco de eletrónica...
Merda pá ....ok...e.....está bem eu espero....n te...

Novembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Top 10 visitantes

ul { list-style:none; margin:0px; padding:0px; } li { background-color: #EFF7FF; margin:3px 0px; padding:0px; width:200px; height:56px; float:left; } img { border: 0px; } li img { margin:0px auto; padding:2px; border:solid 1px #aaaaaa; width: 50px; height: 50px; } li span.note { font-size:0.8em; } li p { margin:0; } textarea { display:inline; width:136px; height:35px; margin:0; float:left; } input { display:block; clear:left; }
]]>

Bufas mais comentadas

36 comentários
32 comentários
27 comentários
26 comentários
21 comentários
20 comentários
19 comentários
19 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários
16 comentários

Quantos são? Quantos são?

blogs SAPO

Linkamos

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!